Creia

Amigos, irmãos! Que a bondade excelsa de nosso Senhor Jesus envolva os pensamentos de todos nessa hora derradeira do mundo de provas e expiação. Expira o tempo para toda a humanidade que há mais de dois mil anos vem sendo agasalhada pelas lições magnânimas de Jesus. 

 O Espiritismo, doutrina rediviva, é o grande legado que o Mestre oferece para os Espíritos que desejam acompanhar o desenrolar do pensamento de Jesus. Convido todos a refletirem nas lições vivenciadas pelo Cristo no planeta Terra. Muitos os chamados e poucos os escolhidos. A escolha recai sobre os homens de boa vontade, que sentiram em si a força do chamamento divino. 

Nosso caro mestre Allan Kardec dedicou seu tempo ao trabalho de educação, sendo ele primorosamente educado por uma família que esmerou-se no desejo de dar liberdade ao Espírito. Desde cedo foi levado ao caro irmão Pestalozzi, que primordialmente deu ao jovenzinho toda a base de uma formação moral, assentada em seu nobre trabalho que foi reconhecido como Pedagogia do Amor. Esse inusitado irmão desfralda uma educação sustentada na formação dos verdadeiros valores. Pestalozzi e Allan Kardec, irmãos que nos deixaram o grande legado de educação que a humanidade necessitará conhecer por meio dos procedimentos divinos que darão a todos o entendimento da vida do ser imortal. Junto a outros irmãos, admiradores desse legado que é a Doutrina Espírita, organizamos uma metodologia que facilitaria ao espírito encarnado compreender de forma mais clara e objetiva o que é viver. Viver é uma questão a ser compreendida porque não se restringe apenas aos nascimentos. Viver é movimento de energias que cada um deve conhecer para estabelecer em si, o Reino de Deus trazido por Jesus. 

A humanidade tem vivido sem reconhecer a sua importância e sua finalidade educativa. Esse foi um dos motivos que juntos a abnegados irmãos, trouxemos a partir dos últimos anos do século XX a Evangelização de Espíritos. Por que esse nome? Quem evangeliza com amor, educa e constrói novos pensamentos, dando ao Espírito a grande oportunidade de renovar e transformar seus sentimentos. A Evangelização de Espíritos amplia os pensamentos do Espírito imortal em relação ao conteúdo divino trazido pela terceira Revelação. O tempo é uma linha que mostra em que ponto se encontra o pensamento do irmão que deseja evangelizar, acordar, despertar para a Verdade. 

Compreendendo o pensamento do Espírito de Verdade quando nos afirma: Espíritas:“Amai-vos, eis o primeiro ensinamento, Instrui-vos, eis o segundo”. À medida que o Espírito vem caminhando, prosseguindo em sua jornada evolutiva, vem desenvolvendo a inteligência e com esse atributo, vem dedicando-se às ciências e às grandes descobertas, meios que iriam melhorar a vida da humanidade. No entanto, o amor é o sentimento essencial para que possa o Espírito aprender a sentir o valor dos estímulos que a reencarnação vem propiciando-lhe. A palavra hoje é sentir. O sentimento é o caminho que leva o Espírito a realizar seus nobres valores até que alcance as virtudes que vão assegurar-lhe uma vida plena. Instruir é necessário para que a inteligência acione a razão e possa avançar na busca do conhecimento. 

Enfim, o Espírito precisa voltar os olhos para sua imortalidade e sua vida futura. Só a inteligência não consegue ampliar esse olhar, por ser ela uma faculdade que desenvolve a lógica e atribui a si mesmo todo o potencial de trabalho, esquecendo-se de que é um ser divino e imortal. Todo avanço é uma permissão divina e, afastado desse pensamento, o homem vem progressivamente distanciando-se do maior código divino vivenciado por Jesus. A Evangelização de Espíritos convida todos a sair dos processos convencionais, nos quais as explicações divinas ganharam um aspecto de catequese, retirando o interesse divino do pensamento do homem. Nossa proposta é diferente do que se tornou convencional e, para tantos, um ponto de honra. Ninguém aprende sem pensar e refletir para compreender o processo que o conhecimento propõe-lhe. 

Outro ponto a ser compreendido é que não nos dirigimos ao corpo, homem matéria, mas sim ao espírito imortal que é o receptor da verdade. Portanto, essa metodologia tem a finalidade de esclarecer o espírito imortal. Com ela, o evangelizador de Espíritos dará a condução dos ensinamentos da Doutrina Espírita ao ser imortal, cuja reencarnação torna-se um meio de educar esse ser. Quebram-se os paradigmas de trabalho com idades, pois não é possível reconhecer a idade de um ser que vem de um percurso milenar à procura da luz e da verdade. Somente por meio de uma vivência ativa é que vai o Espírito saindo do seu contexto ensombrado pela ignorância para que reconheça a grandeza da vida. 

O tempo chega para todos! Tempo de reflexão! Tempo de educar para libertar! Tempo de trabalho renovador, tempo de sentir as necessidades do outro. A vida, portanto, dá ao Espírito um novo direcionamento. Todos estão sendo convidados a olhar para si, deixando refletir no espelho da consciência a sua forma de ser, de sentir e de viver. Amigos, nosso convite é que venham a refletir em suas vidas, como espíritos, procurando sentir em que tempo se encontram e que tempo desejam alcançar. Se vivem mergulhados no mundo dos prazeres, nos quais as ilusões são ainda tão expressivas, poderão perceber o quanto ainda sentem necessidade de viver apegados aos bens materiais, venho convidar-lhes a perceber o que Deus tem-lhes pedido. Quem sabe estão sendo convidados a perceberem que o caminho doravante é outro. Nosso convite para esse momento é que possam sentir o valor de Jesus em suas vidas. 

Jesus é o médico, o irmão, mas, acima de tudo é o educador divino que veio para ensinar o caminho da imortalidade, deixando exemplos que precisam ser novamente notados como um processo de reflexão. Deixamos aqui nosso recado amigo aos irmãos que desejam prosseguir em direção ao Caminho e à Verdade, para que tenham uma vida plena de luz, cujo respeito às questões divinas é primordial. Jamais se esqueçam amigos de que todos são espíritos. A reencarnação é sempre uma nova página da existência que precisa ser preenchida com o Bem. Só o bem vai retirá-lo do casulo do egoísmo e do orgulho. Ame para ser feliz, respeite o próximo, lembrando-se de que cada ser está em um patamar de suas experiências. 

O convite que a Evangelização de Espíritos traz a todos é que procure amar o seu próximo. Ele é o grande artífice de suas verdadeiras construções. Não se esqueça amigo de que as lições de Jesus continuam vivas e são elas que vão auxiliá-lo a ter uma vida de harmonia. Construiremos juntos o grande momento que Deus espera de seus filhos. Sejamos amorosos e saibamos respeitar os sentimentos que ainda se encontram em desalinho com as Leis Divinas. Tenham confiança, evangelizem-se para que Jesus possa contar com vocês! 

Paz! 

Eurípedes Barsanulfo. 

We use cookies
Cookie preferences
Below you may find information about the purposes for which we and our partners use cookies and process data. You can exercise your preferences for processing, and/or see details on our partners' websites.
Analytical cookies Disable all
Functional cookies
Other cookies
Eu aceito os Termos de Uso Learn more about our cookie policy.
Change preferences Accept all
Cookies